Olhando a cidade e seus lugares de passagem, registro o que percebo em meus trajetos diários: interferências nas paisagens, imagens recorrentes, banais, capturas de instantes… meu olhar busca o corte preciso, o acaso, a cidade viva…  mostro essa experiência em forma de coleções, as imagens que capturo pelas cidades, desde 2004, organizando o trabalho em forma de mapas dobráveis,  e os apresento em objetos criados com impressos, gravuras e fotomontagens, além dos  vídeos “das janelas” e”de todos os dias”.

 

Anúncios